quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ZAC BROWSER


ZAC Browser (Zone for Autistis Children) foi desenvolvido pelo avô de um menino com autismo, Zackary Villeneuve, e contém diversas actividades pensadas para crianças com Perturbação do Espectro do Autismo.

Está disponível para download (conteúdo apenas em inglés) em

http://www.zacbrowser.com/

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A Loja da Educação

Uma reflexão muito pessoal: Enquanto terapeuta desenvolvo a intervenção em psicomotricidade com crianças com Necessidades Educativas Especiais na própria escola ou jardim-de-infância. Desta forma vou mantendo um contacto próximo com Professores e Educadoras-de-Infância e vou-me apercebendo que as suas profissões têm vindo a ser desrespeitadas e desvalorizadas. Antes um Professor era visto pela criança como fonte de conhecimento e era respeitado por isso...E agora?? Pais, tudo começa em casa...respeitem os professores, valorizem a sua actividade...e as vossas crianças também o farão...E os professores precisam de sentir que o seu trabalho é importante e tido em consideração...Façam-no pelas vossas crianças...e não deixem toda a resposabilidade de EDUCAR para a escola...
Aqui fica um texto dedicado a todos os tão importantes profissionais da educação...

Caminhando pela rua vi uma loja que se chamava a loja da educação.
Entrei na loja e vi um professor ao balcão.
Maravilhado, perguntei-lhe:
- Mestre professor, o que vendes?
Ele respondeu-me:
- Tudo o que necessita para ter educação.
- Custa muito caro?
- Não...tudo é de graça!
Contemplei a loja e vi jarros de respeito, pacotes de esperança e dedicação, caixinhas de amor, sabedoria, flexibilidade de compromisso.
Tomei coragem e pedi:
- Por favor, dê-me muito amor, respeito, bastante sabedoria, esperança...educação para mim, para a minha família e toda a comunidade.
Então o professor preparou um pequeno embrulho que cabia na minha mão.
Sem entender perguntei-lhe:
- Como é possível colocar tantas coisas nesse pequeno embrulho?
O professor respondeu-me, sorrindo:
- Meu querido, aqui na loja da educação não oferecemos frutos, apenas sementes.
(Autor Desconhecido)

EQUITAÇÃO COM FINS TERAPÊUTICOS


Na Equitação com Fins Terapêuticos pretende-se usufruir do cavalo e de todas as suas potencialidades para a obtenção de benefícios a nível cognitivo, motor, social e emocional.

A importância do Cavalo como agente Terapêutico

São várias as características do Cavalo que o tornam um agente terapêutico e que levam a benefícios inigualáveis naqueles que o montam. Uma das suas principais características reside no facto de ao andar a passo produzir movimentos rítmicos e tridimensionais (cerca de 100 a 110 por minuto), ou seja, ao caminhar desloca-se para a frente e para trás, para o lado, para cima e para baixo. Estes movimentos podem ser comparados aos movimentos da marcha humana neurofiosiológicamente normal, acreditando-se que estimulam fortemente o Sistema Nervoso Central e que produzem alterações no mesmo. Também o seu dorso, que proporciona um correcto posicionamento na posição de sentado, se revela importante e com claros benefícios em termos posturais. Como o Cavalo é um animal dócil e com o qual o individuo é capaz de estabelecer uma relação e interacção, poderá ter ainda um impacto positivo em termos emocionais, sociais e comunicativos.


A todas estas características do cavalo juntam-se os factores específicos do ambiente em que esta actividade se desenrola, contrastante com as salas ou ginásios onde habitualmente se realizam as terapias, e que facilitam o interesse e a motivação pelas tarefas, promovendo vivências fundamentais para o desenvolvimento de várias competências.



As Valências Terapêuticas

De acordo com os objectivos terapêuticos de cada cavaleiro, este pode ser enquadrado numa das seguintes valências terapêuticas:

• Hipoterapia
O objectivo é de retirar contributos de reabilitação através dos movimentos e dos estímulos produzidos pelo cavalo a andar a passo, não se visando o ensino equestre.

• Equitação Terapêutica
Considera objectivos psicomotores, pretendendo-se o desenvolvimento de competências específicas na área educacional, psicológica ou cognitiva, sendo que nesta abordagem podem ser contemplados progressos no ensino equestre.

• Equitação Adaptada
Quando os objectivos são desportivos, de lazer ou competição. São desenvolvidas competências equestres para uma variedade de situações tais como lazer, melhoria da forma física e da auto-estima e até a competição.

Benefícios Terapêuticos da Equitação

São vários os Benefícios Terapêuticos da Equitação, salientando-se os seguintes:

• Motores (melhora a mobilidade articular, facilita uma maior amplitude e coordenação dos movimentos, desenvolve o equilíbrio, normaliza o tónus muscular, aumenta a tonificação muscular, facilita padrões de postura e de movimento mais normalizantes, …)


• Cognitivos (desenvolve a capacidade de atenção e memória, favorece a aprendizagem, melhora a organização do esquema corporal e da lateralização, estimula a orientação espacial e a estruturação temporal, estimula da capacidade de planeamento de uma acção, estimulação a capacidade de resolução de problemas, promove o desenvolvimento de competências escolares…)


• Emocionais (desenvolve a auto-estima e a auto-confiança, promove o auto-controlo emocional, fomenta a independência e autonomia, …)


• Sociais (desenvolve a comunicação e a linguagem, promove o aumento das relações interpessoais e o aumento da capacidade de socialização, estimula a aceitação e cumprimento de regras, facilita o encontro de equilíbrio nas dependências emocionais, promove desafios pessoais,…)


População Alvo

A equitação com fins terapêuticos destina-se a pessoas com deficiências ou necessidades especiais, independentemente da idade, desde que não possuam contra-indicação para a prática desta actividade. Salientam-se algumas das dificuldades ou perturbações que podem beneficiar desta actividade:


• Problemas motores (Descoordenação Motora, Paralisia Cerebral, Espinha Bífida, Limitações e Alterações Motoras,…)
• Dificuldades Cognitivas (Trissomia 21, Deficiência Mental, Síndrome de X-Frágil,…)
• Alterações Sensoriais (Défices Visuais e Auditivos, Défices Táctilo-Cinestésicos)
• Atraso no Desenvolvimento Psicomotor
• Dificuldades Sócio-Emocionais (Perturbação do Espectro do Autismo, Problemas de Adaptação Social,…)
• Desordens Comportamentais
• Perturbação da Hiperactividade e Défice de Atenção
• Dificuldade na Fala e na Comunicação
• Instabilidade Gravitacional
Para mais informações acerca da prática da Equitação com Fins Terapêuticos (Hipoterapia) em Torres Vedras contacte:

Temple Grandin, uma Mente Diferente



" Se me fosse permitido estalar os dedos e deixar de ser autista, eu não o faria...O autismo é parte do que sou..."


Temple Grandin com 63 anos e com uma fascinante mente autista, tem contribuido para a criação de sistemas para combater o stress em animais e em humanos, para além de possibilitar uma melhor comprensão sobre a forma de pensar de uma pessoa com autismo.

Grandin não era capaz de falar antes dos 3 anos e apresentava muitos problemas comportamentais, sendo que lhe foi diagnosticado autismo. Os seus pais recusaram o conselho do médico para a colocar numa instituição e enviaram a filha para uma série de escolas particulares onde o seu elevado QI foi estimulado. Grandin formou-se em psicologia experimental e especializou-se em ciência animal.
Através da sua forma de pensar por imagens, consegue compreender a perspectiva dos animais e tem dedicado a sua vida a criar sistemas para reduzir a ansiedade dos mesmos. O foco principal da sua carreira tem sido a concepção de instalações de gado que permitam reduzir a dor e o medo no processo de abate. Projectou também uma máquina de "comprimir" para aliviar a tensão nervosa, sendo que versões melhoradas desta máquina são amplamente utilizadas em escolas para crianças autistas.

Temple Grandin enfatiza que o Mundo precisa de pessoas com o Autismo e com todo o tipo de mente (existem pensadores visuais, verbais, em padrões...).

São vários os livros nos quais é autora ou co-autora, salientando-se:
  • Genetics and the Behavior of Domestic Animals (1999)

  • Thinking in Pictures and Other Reports from My Life with Autism (1995)

  • Emergence: Labeled Autistic (1986)

Foi realizado um filme sobre a sua vida, apresentado-se aqui o Trailler...




video

O filme está deveras excelente!
Caracteriza muito bem uma pessoa com autismo e mostra que "é diferente, mas não inferior".

domingo, 22 de agosto de 2010

Novo Exame Cerebral Ajuda a Identificar Autismo em Adultos



De acordo com Pesquisadores Ingleses, um exame cerebral simples que identifica diferenças estruturais nos órgãos dos pacientes pode acelerar o processo de diagnóstico de autismo em crianças.

Segundo a psiquiatra e coordenadora da pesquisa Christine Ecker, foram encontradas diferenças sinificativas na espessura dos tecidos em partes do cérebro que são responsáveis por funções como comportamento e linguagem em adultos com autismo e comparativamente a adultos ditos "normais". Os investigadores pretendem estudar agora mulheres e crianças, prevendo-se que os resultados serão ainda melhores nas crianças, pois as anormalidades do autismo são ainda mais proeminentes na infância.

Declan Murphy acrescenta que o diagnóstico preciso poderá proporcionar ao paciente a oportunidade de encontrar meios que melhorem a sua qualidade de vida.

A notícia completa encontra-se em...
http://veja.abril.com.br/noticia/saude/autismo-pode-ser-diagnosticado-com-exame-de-cerebro

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Mundo ou Amor?



"Se algum dia tiveres de escolher entre o Mundo e o Amor...Lembra-te: Se escolheres o Mundo ficarás sem o Amor, Mas se escolheres o Amor com ele conquistarás o Mundo."

Albert Einstein